quinta-feira, janeiro 10, 2008

Fluxo de Troca

Fluxo da Troca

Muita gente tem problema quando se relaciona Deus e dinheiro, acredito que isso tem haver com questões mal compreendidas em relação a espiritualidade e também com o dinheiro.Esse texto foi escrito inicialmente como uma resposta a um utilizador do site, mas resolvi compartilha-lo num texto.Gostaria de começar dizendo que no universo, nada é vendido, mas sim trocado.A vida é uma constante troca, por isso considero a troca legítima.Eu sei que é comum, nós ocidentais/ católicos cristãos (na grande maioria de berço), valorizarmos muito o dar sem pensar e o não receber nada em troca. E de modo geral, achamos isso muito bonito, mas será que no Astral, na Espiritualidade Maior as coisas se processam dessa maneira?Observando a vida e o universo, creio que não, acredito que tudo é feito a base de troca, e Deus, o Universo não dá nada de graça. Tudo que é dado é cobrado, nem que seja seu esforço em aprender, em seu empenho, na sua fé, etc.Tudo que Deus dá, Ele cobra no mínimo a responsabilidade pelo seu bom uso, caso contrario, corremos o sério risco de nos machucar.Por isso creio que nada é de graça neste mundo, ou será que somos inválidos, coitadinhos, para que não possamos dar nada em troca do que recebemos?Esta ideia de que Deus é pai, e por isso da tudo, criando os filhos mimados está ultrapassada, fora de moda, pois se o universo nos desse tudo que queremos será que nossa vida era boa?Por isso a vida cobra tudo que é dado, e esse “doar” do universo trás consigo um compromisso de responsabilidade e retribuição. Não pense que é tudo de graça. No mínimo dos mínimos você tem que acreditar, ter fé, e se não “pagar” com ela Deus não dá.Ele não esta pedindo dinheiro em troca, afinal não precisa dele (ou melhor o dinheiro é Deus, se achar isso forte, O dinheiro é pelo menos criação dele), não vai gastar com nada mesmo, mas esta pedindo em troca sua fé.Tudo é troca. É por acreditar nisso que recuso muitas vezes a pedir alguma coisa de Graça, procuro sempre oferecer uma troca, o mesmo quando eu dou, cobro nem que seja seu esforço em se ajudar, caso contrário, também não dou. Assim dignifico a ajuda e evito mais tarde ser cobrado, e muitas vezes bastante caro, pois nós sabemos que o povo tem o hábito de abusar.Assim Deus quer que saibamos trocar com respeito, de forma consciente: “eu lhe dou isso, você me dá aquilo.” Se estiver bom para nós dois trocamos, acho que isso é muito justo, muito digno.Por isso acho que não existe venda e sim troca, pois no fundo toda venda é a troca de um bem ou um serviço em outro bem, ou produto que chamamos dinheiro.Se observarmos bem essa tem sido a lei deste os princípios dos tempos. Mesmo as sociedades mais “primitivas” como os índios por exemplo que vivem em cooperativa, todos dão a sua contribuição para o meio, estando salvo, como em nossa sociedade as crianças, por serem demasiadamente limitadas e dependentes, os doentes ou inválidos, pela sua dificuldade e os velhos por estarem muitas vezes bastante debilitados para serem mais úteis, mas mesmo assim há troca, a criança nos dando a alegria e o amor sincero em troca de nosso cuidados, os doentes ou inválidos nos dando sua gratidão e seu amor por nossos cuidados, os mais velhos nos ensinando a paciência e a sabedoria de uma vida, além de seu amor e gratidão também por nossos cuidados.Será que realmente existe algo dado de graça pelo o universo?Pense nisso, troque com a vida e seja feliz.

Sem comentários: